Jun
2
to Jun 10

Feira Nacional da Agricultura

55ª Feira Nacional de Agricultura / 65ª Feira do Ribatejo realça “Olival e Azeite”

A 55ª Feira Nacional de Agricultura / 65ª Feira do Ribatejo decorre de 2 a 10 de Junho de 2018 no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, cuja temática vai incidir no "Olival e Azeite".

Este ano realce para o “World Olive Oil Summit” que contará com a presença de especialistas nacionais e internacionais da fileira do azeite e que engloba o “Concurso Nacional de Azeites”, o “Congresso Nacional de Azeite”, o “Simpósio Nacional de Olivicultura”, uma “Exposição de Azeites Premiados”, “Exposições de Pintura e Fotografia”, ações de “Show Cooking” para adultos e crianças e ainda a exibição de filmes alusivos ao tema.

Paralelamente, a Feira Nacional de Agricultura recebe um ciclo de seminários e colóquios que decorre nos dias úteis e que constituirá um importante polo de debate e discussão dos principais temas agrícolas.

A zona de maquinaria agrícola será um espaço privilegiado de promoção e de demonstração, mas outras áreas representadas na feira como os equipamentos, as associações e cooperativas agrícolas, o artesanato, a venda comercial diversa ou a já tradicional zona gastronómica permitirão agradar aos vários tipos de público que visita a Feira.

Os melhores produtos agro-alimentares estarão em destaque no Salão Prazer de Provar, iniciativa que voltará a privilegiar acções dirigidas a produtores, consumidores e profissionais com relevo para a área dedicada aos vencedores dos Concursos Nacionais de produtos portugueses.

Paralelamente, decorrerá mais uma edição da Fersant – Feira Empresarial da Região de Santarém, promovida pelo Nersant – Associação Empresarial da Região de Santarém.

A Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo, apresenta-se, assim, como um espaço privilegiado de contactos e negócios, além de ser uma oportunidade para as empresas promoverem os seus produtos ou os seus serviços. A presença no evento é garantia de uma ótima visibilidade como o comprovam os milhares visitantes, a visita dos principais responsáveis políticos e a notoriedade mediática que o certame oferece.

View Event →
Mar
9
to Mar 11

EXPOJARDIM

FRUTITEC/EXPOJARDIM/IBEROPRAGAS: Fruticultura e jardinagem florescem em edições renovadas em 2018

O melhor da fruticultura e jardinagem estão de regresso à Exposalão, em mais uma edição das feiras FRUTITEC/HORTITEC e EXPOJARDIM, que decorrem de 9 a 11 de março, em paralelo com a IBEROPRAGAS. Uma vez mais, o Centro de Exposições da Batalha alia-se a estes importantes setores cujo assinável crescimento nos últimos anos, se tem traduzido num importante valor acrescentado na economia do país.

No caso da floricultura, trata-se de um setor caracterizado pela dinâmica e crescimento: em 2016, apresentou um volume de negócios anual de 457 milhões de euros, com o valor das exportações a ascender a cerca de 73 milhões de euros.

O jardim assume, hoje em dia, um valor associado a modernidade que não tinha no passado. Um dos exemplos são os jardins e a flora nos espaços públicos. São, de facto, o 'cartão' de visita dos povoamentos e se não existirem ou não forem cuidados, tal é associado a uma imagem de insensibilidade ou falta de cultura das gestões municipais. O mesmo se passa nas habitações onde, até há poucas décadas, era rara a importância dada aos jardins que, hoje em dia, são uma das prioridades dos moradores.

A EXPOJARDIM, tem acompanhado de perto, nos últimos anos, todas as alterações do setor da jardinagem e confirma o seu sucesso, realizando a sua 20ª edição em 2018. A feira, uma mostra de plantas, flores, mobiliário urbano e de jardim, piscinas, equipamentos, máquinas e acessórios para jardinagem, tem-se pautado por uma crescente evolução e destaca-se por ser palco de novidades e espaço privilegiado de contacto entre expositores e um vasto público profissional que visita a feira, num ambiente que respira novidades, desafios e oportunidades de negócio.

Fruticultura em crescimento

A fruticultura e horticultura têm sido exemplo de um importante crescimento, nos últimos anos. As exportações deste setor têm tido um desempenho notável. Em 2014, por exemplo, passaram os mil milhões de euros, têm mantido um crescimento assinalável, projetando-se que, em 2020, possa atingir os 2.000 milhões de euros. Para isso, em muito tem contribuído a tecnologia, que, aplicada às várias fases da produção, desde a rega, a conservação da fruta, a biotecnologia ou a robótica, tem sido determinante para criar vantagens competitivas

É neste contexto que surge a 6ª edição da FRUTITEC/HORTITEC, salão profissional de máquinas, equipamentos, produtos e tecnologia para a fruticultura e horticultura. Destaca-se pela forte presença de mecanização agrária e apresenta também as mais recentes novidades em inovação e tecnologia para as hortofrutícolas, que permitem aos profissionais do setor aumentar a sua produção e reduzir custos.

Em paralelo, decorre a IBEROPRAGAS que, nesta que é a 4ª edição, solidifica o seu papel de relevo no desempenho e no sucesso da EXPOJARDIM e FRUTITEC/HORTITEC. É uma feira com uma temática cada vez mais importante e relevante no sucesso das produções hortofrutícolas e dos espaços de jardinagem. A feira caracteriza-se por um conjunto eclético de expositores com as mais recentes tecnologias de controlo de pragas, sejam agrícolas ou urbanas.

Os três salões compõem um certame que deverá contar com cerca de duas centenas de expositores, destinado aos profissionais do setor, esperando receber mais de 20 mil visitantes.

View Event →
Nov
23
5:30 PM17:30

As alterações climáticas em espaços verdes públicos

23_novembro.png

A ANEFA, Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente, o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial da Galícia e do Norte de Portugal e a AGAEXAR – Asociacíon Galega de Empresas de Xardinería tem o prazer de convidar V. Exas. para assistirem ao Workshop sobre “As Alterações Climáticas em Espaços Verdes Públicos” que irá decorrer no próximo dia 23 de Novembro, no Auditório Almeida Garrett, no Porto, conforme Programa.

Nesse mesmo dia, será assinado um protocolo de colaboração entre as duas associações, tendo em vista a troca de conhecimentos para o desenvolvimento das empresas num trabalho de qualidade que se preocupe cada vez mais com a sustentabilidade dos nossos Espaços Verdes.

Esperamos pois contar com a Vossa presença. O evento é gratuito, sendo oferecido o almoço. Contudo, a inscrição é obrigatória para o endereço geral@anefa.pt ou através do telefone 214 315 270

View Event →
Dec
15
9:30 AM09:30

Seminário "Trabalho e Pessoas"

No âmbito das Comemorações do Centenário da Inspeção do Trabalho Portuguesa, terá lugar a 15 de dezembro, pelas 9h30 na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa, o Seminário “Trabalho e Pessoas”.

Esta é uma efeméride  muito especial e que merece ser celebrada, sendo um momento de reflexão e uma oportunidade para debater os problemas atuais e futuros do mundo do trabalho, sob diversas perspetivas e focos de abordagem.

Inscreva-se no site da ACT.

Programa

Mais informações: Daniela Barata | daniela.barata@act.gov.pt | +351 213 308 730

View Event →
Nov
24
10:00 AM10:00

Workshop “Casos práticos de condução de regeneração natural de pinheiro bravo”

 

O Centro PINUS tem o prazer de convidar os seus associados para o Workshop “Casos práticos de condução de regeneração natural de pinheiro bravo”.

Este workshop irá decorrer no próximo dia 24 de novembro, no auditório do Campus Agrário de Vairão da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

 

 

 

Programa

10:00 - Receção e café de boas-vindas
10:30 - Início dos trabalhos (João Gonçalves, Presidente do Centro PINUS)
10:40 - Apresentação de projetos: intervenção atempada enquadrável no modelo silvícola “tradicional”
        Caso(s) no Centro litoral (Óctavio Ferreira, ICNF)
        Caso(s) em montanha no interior (António Nora, Floresta Atlântica)
        Caso(s) no Minho (Elisabete Araújo, Associação de Produtores Florestais do Vale do Minho)
12:00 - Espaço para diálogo
13:00 - Almoço livre (possibilidade de reserva no refeitório mediante indicação na Inscrição)
14:30 - Apresentação de projetos: intervenção tardia e/ou em pinhal excessivamente denso
       Caso (s) em Arouca (Manuel Rainha, ICNF)
       Caso(s) em Mação (António Louro e Inês Mariano, Câmara Municipal de Mação)
15:30 - Espaço para diálogo
16:20 - Síntese: principais lições do dia (João Gonçalves, Presidente do Centro PINUS)
16:30 - Encerramento dos trabalho

Inscrição e informações

View Event →
Nov
17
2:30 PM14:30

Conferência: "O Futuro da Floresta em Portugal"

Vila Real (Auditório Florestal da UTAD), 17 de novembro de 2016

Esta será a conferência de encerramento do ciclo de conferências «Agricultura em Transformação» que o grupo editorial Vida Económica organizou durante o ano de 2016, epelo segundo ano consecutivo, especificamente direcionadas para o setor agrícola nacional.

PROGRAMA

14h30 | Sessão de Abertura, Fontaínhas Fernandes, Reitor da UTAD; Filipe Ravara, diretor do Centro de Agronegócio da Caixa Geral de Depósitos

15h00 | Rosário Alves (Forestis), «Os desafios do setor florestal português»

15h15 | Luís Miguel Martins (UTAD), «As ameaças de fitosanidade às espécies florestais: impactos económicos»

Coffee-Break

16h45 | Mesa Redonda: «Investir na Floresta Nacional»

Convidados: Sara Pereira (AIFF), Luís Lopes (Associação de Florestais da UTAD), José Estima Reis (BSL, Comércio Internacional, S.A.) e Rosário Alves (Forestis)

Moderador: Teresa Silveira, jornalista da Vida Económica e editora do suplemento AgroVida

Encerramento

View Event →
Nov
16
9:30 AM09:30

Conferência APREN - Associação Portuguesa de Energias Renováveis

 

A APREN - Associação Portuguesa de Energias Renováveis irá realizar no próximo dia 16 de novembro a sua Conferência anual, no Centro de Congressos do Estoril, subordinada ao tema “Visões da Eletricidade Renovável”.

Estamos a assistir a uma eletrificação da sociedade, quer através do crescimento da eletrónica e da computação, quer através da conversão de utilizações tradicionais, como o carro elétrico.

Estas utilizações são possíveis não só devido à evolução tecnológica, mas também à crescente consciencialização de que a via que estava a ser seguida não garante a sustentabilidade do planeta, induzindo alterações climáticas com as consequências conhecidas por todos.

Nesta transição, a eletricidade de origem renovável tem um papel importante, pois é mais uma forma de gerar uma energia em expansão, além de reduzir o impacto ambiental. Refira-se ainda que os custos associados são já equiparados à geração térmica fóssil e nuclear.

A Conferência APREN 2016 será assim um espaço de reflexão sobre as tendências do setor, debatendo-se a visão dos produtores, a visão das novas utilizações e a visão da sociedade, nas suas diferentes vertentes.

Mais informações e programa provisório

View Event →
Nov
15
2:30 PM14:30

Workshop "A importância da silvicultura na sanidade dos povoamentos de eucalipto”

A Confederação dos Agricultores de Portugal vai levar a cabo um ciclo de workshops/seminários com o intuito de promover junto dos produtores florestais uma melhor compreensão de que as razões de muitos dos problemas sanitários que afectam os nossos principais sistemas de produção florestal se encontram frequentemente nas insuficiências da silvicultura praticada, e não tanto em causas externas alheias à gestão dos povoamentos, como tão generalizadamente se pensa.

A primeira dessas sessões de divulgação técnica, "A importância da silvicultura na sanidade dos povoamentos de eucalipto”, integrará um conjunto de intervenções sobre os seguintes aspectos:

  • A importância da selecção da estação e das plantas a ela melhor adequadas;
  • Preparação do terreno e instalação do povoamentos
  • Nutrição vegetal e maneio dos povoamentos jovens,
  • Sistema de produção e exploração florestal,
  • Principais problemas sanitários, actuais e emergentes, do eucaliptal em Portugal.

A iniciativa conta com a participação dos seguintes oradores:

Clara Araújo – Altri Florestal
José Rafael – Navigator Forest Portugal
João Soveral – Confederação dos Agricultores de Portugal
Luís Bonifácio – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária
José Manuel Rodrigues – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas

As intenções de participação poderão ser comunicadas até 14 de Novembro para jsoveral@cap.pt.

View Event →
Nov
2
to Nov 4

IX Simpósio Ibérico Maturação e Pós-Colheita

A Associação Portuguesa de Horticultura (APH) e a Sociedade Espanhola de Ciências Hortícolas (SECH) têm o prazer de anunciar a realização do IX Simpósio Ibérico de Maturação e Pós-Colheita em Lisboa, entre 2 e 4 de Novembro de 2016, que coincide com o III Simpósio Nacional e o IX Simpósio Espanhol nesta importante área das ciências, técnicas e negócios hortícolas.

Os produtos frescos, como frutas, hortaliças, plantas aromáticas e flores e as indústrias agroalimentares e eles associados, são sinónimo de alto valor, tanto para a nutrição e saúde como para a economia. Este evento, que se realiza bienalmente, reunirá uma vez mais à volta das temáticas actuais de pós-colheita, investigadores de referência a nível nacional e internacional, técnicos e especialistas do sector, outros interessados do sector privado e estudantes. Ao criar um ambiente de diálogo participativo e troca de conhecimentos e experiências, promove-se a divulgação e discussão académica e também o reforço das interligações entre o conhecimento científico e tecnológico e as necessidades e expectativas de inovação e desenvolvimento de processos que, aliados à minimização de perdas, acrescentam valor à qualidade organoléptica e nutricional dos produtos, com segurança e sustentabilidade ambiental.

O simpósio será organizado em cinco áreas temáticas, contando cada uma delas com sessões plenárias, comunicações orais seleccionadas e comunicações em forma de painel:
1) Perdas pós-colheita: um problema global
2) Biologia de sistemas e fisiologia e da maturação e pós-colheita
3) Tecnologias de conservação e processamento mínimo
4) Gestão da qualidade na cadeia de abastecimento
5) Alterações funcionais e nutricionais na senescência, amadurecimento e conservação
6) Exigências dos consumidores e indústria e sustentabilidade ambiental
7) Patologia pós-colheita
 
Paralelamente decorrerá a sessão “Maçã e pera: conservação e qualidade.”

Mais informações e programa final

View Event →
Oct
17
6:00 PM18:00

Forum "A Floresta que precisamos..."

Ciclicamente, Portugal é confrontado com situações catastróficas, resultado da ocorrência de incêndios que trazem para a ribalta o tema da Floresta.

Estes são tempos onde todos, do anónimo cidadão comum aos mais altos responsáveis do País, têm direito ao seu momento de opinião. Esta súbita e exacerbada exposição mediática lança sobre a Sociedade um manancial de informação que nem sempre contribui para uma ideia correta sobre o que deve ser a nossa Floresta.

A pressão para que algo se faça é enorme e as soluções que emergem da atuação política, na difícil procura do equilíbrio entre o reconhecimento social e a valia técnica e ambiental, têm ficado muito aquém do que poderia ser a política florestal nacional.

O Colégio de Engenharia Florestal da Ordem dos Engenheiros, em colaboração com a Universidade de Lisboa, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e Organizações da Produção Florestal, pretende contribuir para que o futuro da nossa Floresta seja construído sobre soluções racionais, com uma consistente base técnica, que reforcem o seu potencial produtivo, garantam o seu valor ambiental e assegurem a sua dimensão social.

Assumindo o pressuposto base de que não existe uma única Floresta em Portugal, tão bem evidenciado na Estratégia Florestal Nacional de 2006, e conscientes de que só um setor participado, forte e unido pode impulsionar o salto qualitativo que há tanto desejamos, vamos organizar o fórum "A Floresta que Precisamos".

Este fórum terá um formato inovador, com duas sessões regionais, Norte e Sul, e uma sessão final em Lisboa, que integrará e dará conhecimento das reflexões e recomendações regionais.

Pretende-se assegurar uma discussão aberta e participada, que identifique, no âmbito dos inúmeros estudos e planos estratégicos já produzidos e no mais atual conhecimento cientifico e opções de gestão, um conjunto de recomendações prioritárias de política florestal. Para isso, convidámos especialistas e investigadores capazes de trazer à discussão o que pode fazer a diferença no futuro da Floresta em Portugal.


 
 

Brevemente mais informações e inscrições
no Portal do Engenheiro  

www.ordemengenheiros.PT

 

 

View Event →
Oct
11
to Oct 12

Forum " A floresta que precisamos..."


Ciclicamente, Portugal é confrontado com situações catastróficas, resultado da ocorrência de incêndios que trazem para a ribalta o tema da Floresta.

Estes são tempos onde todos, do anónimo cidadão comum aos mais altos responsáveis do País, têm direito ao seu momento de opinião. Esta súbita e exacerbada exposição mediática lança sobre a Sociedade um manancial de informação que nem sempre contribui para uma ideia correta sobre o que deve ser a nossa Floresta.

A pressão para que algo se faça é enorme e as soluções que emergem da atuação política, na difícil procura do equilíbrio entre o reconhecimento social e a valia técnica e ambiental, têm ficado muito aquém do que poderia ser a política florestal nacional.

O Colégio de Engenharia Florestal da Ordem dos Engenheiros, em colaboração com a Universidade de Lisboa, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e Organizações da Produção Florestal, pretende contribuir para que o futuro da nossa Floresta seja construído sobre soluções racionais, com uma consistente base técnica, que reforcem o seu potencial produtivo, garantam o seu valor ambiental e assegurem a sua dimensão social.

Assumindo o pressuposto base de que não existe uma única Floresta em Portugal, tão bem evidenciado na Estratégia Florestal Nacional de 2006, e conscientes de que só um setor participado, forte e unido pode impulsionar o salto qualitativo que há tanto desejamos, vamos organizar o fórum "A Floresta que Precisamos".

Este fórum terá um formato inovador, com duas sessões regionais, Norte e Sul, e uma sessão final em Lisboa, que integrará e dará conhecimento das reflexões e recomendações regionais.

Pretende-se assegurar uma discussão aberta e participada, que identifique, no âmbito dos inúmeros estudos e planos estratégicos já produzidos e no mais atual conhecimento cientifico e opções de gestão, um conjunto de recomendações prioritárias de política florestal. Para isso, convidámos especialistas e investigadores capazes de trazer à discussão o que pode fazer a diferença no futuro da Floresta em Portugal.


 
 

Brevemente mais informações e inscrições
no Portal do Engenheiro

 

www.ordemengenheiros.PT

 

 

 

 

View Event →
Oct
7
9:30 AM09:30

Simpósio Ibérico do Montado - Beja 2016

O Simpósio Ibérico do Montado – Beja 2016 é uma iniciativa promovida pela ACOS – Agricultores do Sul e o pelo CEBAL - Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo. O evento realiza-se no dia 7 de Outubro, integra a programação da RuralBeja e dirige-se principalmente aos produtores, agricultores e aos agentes económicos das diferentes fileiras associadas ao Montado.

A Multifuncionalidade do Montado como ecossistema agro-silvo-pastoril, será o tema central da iniciativa que incidirá sobre as vertentes Florestal, Animal e dos Recursos Silvestres do Montado de Sobro e de Azinho.

A participação é gratuita, solicitando-se, incrisção prévia.

Programa e Formulário de Inscrição

View Event →
Sep
28
9:30 AM09:30

Fogos de Vegetação - Da escala local à global

O Centro de Estudos Florestais (CEF) do Instituto Superior de Agronomia (ISA) vai acolher no próximo dia 28 de Setembro o Seminário “Fogos de Vegetação - Da escala local à global”.

Vários cientistas especialistas em incêndios florestaisvão apresentar os resultados recentes de investigação sobre o fogo, fortemente apoiada no uso de detecção remota por satélite. Os trabalhos abrangem uma ampla
gama de escalas espaciais, desde o comportamento de grandes incêndios analisados individualmente, em Portugal, à cenarização de impactes das alterações climáticas e análise do fogo à escala global (abrangendo o
planeta inteiro ou continentes).

O evento faz parte do ciclo de sessões: “Da Investigação à Aplicação” organizado regularmente pelo CEF do ISA.

O seminário vai decorrer entre as 9h30 e as 17h30 no Auditório da Lagoa Branca, Instituto Superior de Agronomia, Tapada da Ajuda, Lisboa (mapa em anexo; coordenadas GPS 38.716112, -9.183614).

O programa do evento.

As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas até dia 27 de Setembro, por e-mail, para cef@isa.ulisboa.pt. No e-mail deverá constar o nome completo do participante, instituição e e-mail.

View Event →
Apr
10
to Apr 17

Tellus nisl integer odio penatibus

Hac erat non erat, ipsum hendrerit suscipit porttitor, vestibulum aliquam voluptatem nibh a, ac mus dui in facilisi. Tellus nisl integer odio penatibus, elit gravida tincidunt ut, viverra praesent suspendisse et, sit eget nam eleifend enim. Tellus suspendisse aliquam non, libero duis non ullamcorper nostrud. Modi suspendisse ultricies vestibulum, ut sed dignissim in. Auctor sed sagittis etiam vel, urna iaculis felis nec, mauris leo viverra quis habitant. Sit integer phasellus suspendisse, scelerisque ac erat mauris, auctor cum consequat ultrices. Sed erat in adipiscing, congue quisque dictumst nec, vitae hendrerit aliquam nonummy et.

View Event →
Mar
22
to Apr 22

Feira Internacional da Cortiça em Coruche

O Município de Coruche está, neste momento, a organizar a VIII Edição da FICOR - Feira Internacional da Cortiça, a realizar entre 25 e 29 de maio de 2016, em Coruche, que se irá dividir em dois espaços distintos, o Centro de Exposições de Coruche, no Parque do Sorraia, que irá acolher todos os expositores e parceiros do evento e o Observatório do Sobreiro e da Cortiça, na Zona Industrial do Monte da Barca, que irá acolher toda a componente científica, num ciclo de seminários e conferências.

Nesta edição, marcada pelo Ano Internacional das Leguminosas, pela ONU, e pelo Ano Internacional do Entendimento Global, pela UNESCO, pretendemos sensibilizar a população em geral para a importância do sobreiro, transmitir valores associados à importância do montado como ecossistema único no mundo onde é possível desenvolver atividades agro-silvo-pastoris, promover e evidenciar o carácter inovador da fileira da cortiça, e ainda, entre outros objetivos, fomentar a criação de ações locais, tanto a nível ambiental como social, que terão repercussões à escala global, contribuíndo assim para reafirmar a importância do montado e da cortiça para Portugal e para o Mundo.

View Event →